Universidade de Aveiro, Portugal

21, 22 e 23 de outubro de 2020

Leopoldina Fekayamãle: conferencista convidada

21/07/2020, 09:35

Angolana, feminista e ativista pelos direitos humanos, formada em Ensino da Língua Portuguesa, pelo Instituto Superior de Ciências da Educação da Huíla – em Angola. Atualmente reside no Namibe, província no sul de Angola, onde nasceu, cresceu e, também, onde trabalha como professora de Literatura no Ensino Secundário Técnico-Profissional, no subsistema de Formação de Professores.

É membra da Coordenação do único coletivo feminista de Angola, o Ondjango Feminista, cujo site tem vários textos seus que abordam diferentes questões ligadas à situação das mulheres em Angola. Em representação do Ondjango Feminista e a título pessoal, tem participado como oradora de eventos em Angola onde são abordados temas relacionados aos direitos humanos e justiça social para as mulheres. 

Ainda, faz parte da equipa editorial da Revista Cultural Digital angolana Palavra&Arte, onde tem vários textos de sua autoria publicados. No Namibe, desde a escola onde lecciona, tem estado envolvida em acções ligadas à promoção da Literatura e da criação de hábitos de leitura. 

Possui o blogue Leo Escrevendo, onde materializa o seu amor pela literatura e pelas diversas formas de arte. Acredita que a arte contribui significativamente para um mundo melhor, porque pode mudar a forma de pensamento das pessoas para o bem comum. Nestes dias, em função da pandemia da COVID-19, reforçou a certeza de que a arte delimita a linha entre enlouquecermos e nos mantermos sãos, pois, em dias de confinamento, se, entre outras coisas, não tivéssemos a Literatura, a Música e a oportunidade de dançar, tudo seria mais difícil e sombrio.